O Conselho Monetário Nacional decidiu adiar o prazo para a inscrição do Cadastro Ambientar Rural. O novo prazo vai até o dia 1º de janeiro de 2019. O cadastro servirá como base para a liberação de financiamentos para a área rural, de acordo com o Banco Central, a preservação ambiental de cada propriedade vai contar na hora de liberar empréstimos para o setor. O Cadastro Ambiental Rural foi criado a partir do novo Código Florestal, nele, os proprietários de áreas rurais terão que declarar o tamanho da propriedade e o quais partes de vegetação nativa estão sendo preservadas.

O site para o cadastramento é o www.car.gov.br,porém, por motivo de manutenção o site está fora do ar, mas retorna a partir do dia 18 deste mês. O registro no cadastro ambiental rural é obrigatório para todas as propriedades rurais do país.