Padre Osni dos Anjos celebrou ontem (05)  o 7º dia da novena em louvor a padroeira de Palmeira. Ao final da missa foi realizada benção para as famílias.

O sacerdote, que atuou como pároco no município quando teve início o processo de restauração artística, em 2014, comentou sobre a conclusão dos trabalhos.  “Chegamos ao que era para ser, no que estava programado, nas surpresas que a restauração foi proporcionando, pensávamos de um jeito, de repente se tornou outro porque com o ambiente e a própria matéria em si da igreja não permitia que ficasse como era o original. E acredito que os desafios de agora é continuar a manter o que foi feito. Porque como começou em 2014 e nós estamos em 2018, então o que foi feito há quatro anos já precisa de reparos. A igreja está sempre permanentemente em reforma e é o desafio que é manter essa igreja o tempo todo reformada, com ajuda dos padres e toda comunidade”, contou o padre.

O 8º dia da novena acontece hoje (06)e tem como tema “Maria, saúde dos enfermos” e será celebrado pelo padre Antônio Fabris, que foi pároco em Palmeira por quase 11 anos.  Ele chegou em Palmeira em 21 de fevereiro de 1999 e em janeiro de 2010 foi a despedida.

A música da celebração será responsabilidade da comunidade da Colônia Francesa e o Lago fará a liturgia desta noite (06). Benfica, Passo do Tio Paulo, Ranchinho, Pinheiral dos Malucelli e Santa Bárbara também são as comunidades convidadas.

Foto:Bruna Camargo