Ouvintes contam histórias marcantes de Expedicionários de Palmeira

Ouvintes contam histórias marcantes de Expedicionários de Palmeira

Publicado em: 17 maio, 2019 às 8:54

No dia 08 de maio de 1945 encerrava a Segunda Guerra na Europa, data mundialmente marcada como o “Dia da Vitória”. A Ipiranga FM buscou homenagear os combatentes através de um resgate histórico sobre o tema. Familiares dos Expedicionários de Palmeira contribuíram com relatos e histórias marcantes, durante a programação da emissora, que contou com a presença do professor Helton Costa, coordenador do curso de Jornalismo na Unisecal (Ponta Grossa) e pesquisador da História da II Guerra Mundial.
Costa, que já escreveu três livros, o último deles “Crônicas de Sangue: jornalistas brasileiros na II Guerra Mundial”, ficou motivado com as participações dos ouvintes e propôs voltar à cidade para recolher depoimentos de pessoas ligadas aos combatentes, e cogitou a possibilidade de produzir um livro sobre os Pracinhas de Palmeira.
Com a iniciativa do radialista Elder Scolimoski, que abordou o assunto em seu programa e abriu espaço para os palmeirenses participarem ao vivo, nós da Rádio Ipiranga queremos contribuir com este projeto de pesquisa do professor Helton Costa e para que se torne possível contamos com a colaboração de todos que tenham fotos, objetos e histórias para contar, que entrem em contato com a nossa equipe, através do telefone (42) 3252 3669, WhatsApp (42) 99811 1363 ou  Facebook.


Helton Costa é autor de três livros sobre histórias de brasileiros na II Guerra Mundial.
Foto: Pedro Ruta Jr.

Livros
Helton Costa é graduado em Comunicação Social/Jornalismo pelo Centro Universitário da Grande Dourados (MS), Especialista em Estudos da Linguagem, Mestre em Comunicação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP), Doutor em Comunicação e Linguagens pela Universidade Tuiuti do Paraná e Pós-doutor em História pela Universidade Federal do Paraná.
Segundo o que revela o autor, o interesse pela história de brasileiros na II Guerra Mundial surgiu no ano de 1996, ao realizar uma pesquisa na enciclopédia Barsa sobre datas comemorativas durante o mês de abril, para cumprir um trabalho escolar, e o dia 14 foi o que mais lhe chamou a atenção, quando da Tomada de Montese. “Quando li que brasileiros haviam tomada aquela cidade na Itália, fiquei curioso e o próximo passo foi saber mais sobre uma tal FEB”, conta Costa, no livro Confissões do Front. A obra traz depoimentos e histórias verídicas de combate contra tropas nazistas e fascistas enfrentado pelos Soldados do Mato Grosso do Sul (MT), na II Guerra Mundial.
De acordo com Helton, Uma vez na Itália é um misto de romance e ficção baseado nas histórias que ouviu durante a pesquisa do livro dos Combatentes do MT. São 155 páginas em que, através de 35 capítulos, o soldado que embarca para a guerra conta a trajetória que enfrentou diante das tropas de Hitler e Mussoline e recorda também das amizades e do amor que viveu na Europa.
Ambas as obras estão disponíveis para download gratuito.
Baixe os livros: Confissões do Front e Uma vez na Itália
O mais recente trabalho, Crônicas de Sangue, conta a história dos jornalistas que cobriram a Força Expedicionária Brasileira e o cotidiano da II Guerra Mundial. No livro há dezenas de fotos inéditas dos jornalistas na época em que estavam com a tropa.
De acordo com o autor, 50% da arrecadação com as vendas serão doadas. “Metade dos direitos autorais do meu livro estão sendo doados para a Associação Nacional dos Veteranos da Força Expedicionária Brasileira/Regional do Mato Grosso do Sul”, explicou. Para comprar, clique aqui.

Crônicas de Sangue: Jornalistas brasileiros na II Guerra Mundial – Helton Costa.
Foto: Elder Scolimoski.

Documentário
Também com o objetivo de mostrar a história dos pracinhas, um documentário com o título “V de Vitória” foi lançado em dezembro de 2018 e teve a direção de Helton Costa, e contou com a produção conjunta do jornalista Diego Antonelli e da pesquisadora Andressa Beló Costa.
A obra conta a história de brasileiros que integraram a FEB entre 1944 e 1945, durante o combate ao nazifascismo. O documentário traz depoimentos de ex-soldados e de filhos de ex-combatentes e de italianos que eram crianças na época da guerra e que foram ajudados pelos brasileiros, que lhes forneceram comida e proteção. Os relatos abordam tanto a vida pós-guerra quanto os momentos e dificuldades vividos na frente de batalha, no norte da Itália.

Facebook e site
Com a finalidade de divulgar a participação do Brasil na II Guerra Mundial, principalmente das forças terrestres, desde dezembro de 2016, a dupla Costa e Antonelli mantém uma fanpage do Facebook (www.facebook.com/vdevitoriabr), cuja maior parte das publicações foi resgatada no Arquivo Nacional e é de autoria da Agência Nacional.
Com a mesma intenção, os dois jornalistas publicam no endereço eletrônico (jornalismodeguerra.wordpress.com), crônicas, histórias, notícias e relatos sobre o Brasil na II Guerra Mundial.

Publicidade

Farmácia Santo Antonio