Um homem de 43 anos, morador de Palmeira está preso na Delegacia Civil de Teixeira Soares suspeito de ser o responsável por um homicídio na localidade de Benfica, em Fernandes Pinheiro no dia 12 de outubro. Segundo informações ele teria agredido até a morte, Antonio dos Santos Urias, de 66 anos, que tinha um relacionamento com a mãe do autor do crime.

O escrivão da Polícia Civil de Teixeira Sares, que responde pelo município vizinho de Fernandes Pinheiro informou à reportagem da Rádio Ipiranga que o suspeito está em prisão preventiva. Segundo ele, foi possível chegar ao indivíduo através de investigações, sendo decretada pela justiça, a prisão na quinta-feira (1º). No mesmo dia, os policiais foram até o município de Palmeira para cumprir o mandado de prisão.

De acordo com informações da Polícia Civil, o morador de Palmeira não aprovava o relacionamento amoroso que a mãe tinha com Antonio e sempre perseguia a vítima.

Conforme relatos, no dia do crime, ambos se encontraram em um bar no interior de Fernandes Pinheiro. Entre cinco e dez minutos depois que a vítima saiu do estabelecimento, o suspeito teria perseguido o senhor com o carro. Conforme apurado pela Polícia Civil, outro homem estava no veículo e confirmou as informações. A testemunha informou que o morador de Palmeira chegou a dizer que ia passar com o carro em cima da vítima, mas ele não deixou. Após a situação, o suspeito desceu do automóvel e agrediu a vítima até a morte. O homem não utilizou nenhum objeto para atingir Antonio.

Por volta das 6 da manhã de sábado, dia 13 de outubro, um homem que passava pela localidade de Benfica encontrou o corpo de Antonio, já em óbito, com ferimentos na cabeça e no rosto. A vítima residia na localidade de Angaí, também no interior de Fernandes Pinheiro.

Com informações da Polícia Civil de Teixeira Soares e Rádio Najuá

Foto:Divulgação/Polícia Civil